Envelhecimento Botox ‘devolve’ elasticidade à pele, diz estudo

O ‘rejuvenescimento’ oferecido pelo botox pode durar até quatro meses e levar a novas técnicas antienvelhecimento, diz um estudo do Canadá.

Usado como estratégia para recuar uns anos, o botox é o ‘segredo’ para devolver flexibilidade e elasticidade à pele do rosto, indica um estudo realizado no Canadá.

O relatório final da investigação das universidades de Ottawa e de Toronto, publicado pela revista JAMA Facial Plastic Surgery, revela que o tratamento com botox (toxina botulínica tipo A) não só permite ‘rejuvenescer’ durante quatro meses (espaço de tempo em que o efeito é visível no rosto) como devolve a elasticidade e flexibilidade natural à zona da pele onde é aplicado.

Esta conclusão surgiu depois de 43 mulheres terem sido submetidas a um tratamento de rugas leves, na testa e no contorno dos olhos, com o recurso a botox. No final do tratamento, os investigadores notaram que o efeito ‘pele mais jovem’ durou até quatro meses e que a capacidade da pele em resistir à perda de flexibilidade (capacidade de voltarão estado natural, ou seja, jovem) manteve-se intacta, mostrando efeitos idênticos aos que acontecem em procedimentos por radiofrequência, lê-se no site da Globo.

Para o grupo responsável pela pesquisa, são necessários novos estudos para entender o efeito a longo prazo do botox, uma vez que se trata de um químico tóxico, mas que este é o primeiro passo para que a técnica dê origem a novos procedimentos cirúrgicos contra o envelhecimento precoce na pele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s