Reconheça seus gatilhos emocionais e emagreça!

Coach afirma que, para emagrecer, é preciso identificar seus gatilhos emocionais, que podem sabotar este processo.
Para certas pessoas, emagrecer é um verdadeiro desafio. Claro, o fator genético influencia, e muito, nesse processo, mas, além da parte física, deve-se considerar os fatores emocionais de quem se encontra na jornada do emagrecimento.
Com a correria do dia a dia, é comum que as pessoas estejam cada vez mais nervosas e estressadas, o que pode gerar outros problemas de saúde, e dificultar o alcance do peso desejado. Segundo a psicóloga e master coach de emagrecimento, Cintia Seabra, os gatilhos emocionais, individuais de cada um, são o que fazem as pessoas sabotarem suas próprias jornadas rumo ao peso desejado. “Sinais de que os gatilhos emocionais estão sabotando sua perda de peso são percebidos no descontrole diante da comida, o que leva a pessoa a comer mais do que devia e a se sentir mal consigo mesma depois”, explica.
Ela afirma que, para emagrecer, é preciso desenvolver e expandir sua consciência alimentar, reconhecendo esses gatilhos que disparam a vontade de comer além da conta. “Só se pode controlar aquilo que se tem consciência, e, por isso, é preciso ter consciência do seu padrão alimentar, e lutar para mudá-lo”, conta.
A profissional também pontua que é preciso que a pessoa conheça o que faz ela comer mais do que deveria. “O gatilho é aquilo que dispara o desejo de comer, então, quando você sentir alguma vontade inesperada de trapacear na sua dieta e ingerir tudo o que vê pela frente, pense primeiro no que você está sentindo no momento (raiva, estresse, cansaço, tristeza…), pois isso é o que te faz perder o controle”, observa.
Cintia, que é referência nacional no setor, por seu programa de emagrecimento online O Segredo do Emagrecimento, acredita que existam dois gatilhos principais: o cansaço e o estresse. “Para se livrar deles, procure, ao chegar em casa, realizar algum tipo de atividade antes de comer. Pode ser brincar com seus filhos, tomar banho, descansar ou fazer exercícios. O cansaço também pode ser atribuído à maneira como você tem lidado com sua vida; fazendo mais coisas do que deveria sem pedir ajuda a alguém, por isso repense a sua rotina, para que você leve a vida com menos preocupações”, esclarece.
A coach finaliza, deixando claro que, a partir do momento em que se descobre quais são seus gatilhos emocionais que estão atrapalhando seu emagrecimento, é necessário estabelecer uma meta para ajustar sua vida, para que eles não fiquem mais  no caminho entre você e seu desejo de emagrecer.
FONTE Cíntia Seabra – Master Coach  e ​​Psicóloga Clínica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s