Mantenha a forma com 30 alimentos emagrecedores

“Diminuir a gordura corporal significa controlar o açúcar e consumir gorduras vegetais de boa qualidade, como abacate, azeite, coco e oleaginosas. Fibras também devem ser incluídas no cardápio diário, pois contribuem para diminuir os índices glicêmico.

441c0aa5-d1fd-4711-b3ab-4067e70738d7

O verão está aí e muitas pessoas correm para as academias de ginástica e procuram fórmulas mágicas para emagrecer. Desconhecem, contudo, alimentos que ajudam a queimar as calorias e a desinchar o corpo, os “emagrecedores naturais”.

“Diminuir a gordura corporal significa controlar o açúcar e consumir gorduras vegetais de boa qualidade, como abacate, azeite, coco e oleaginosas. Fibras também devem ser incluídas no cardápio diário, pois contribuem para diminuir os índices glicêmicos e a manter o peso”, explica Luna Azevedo, nutricionista.

Brócolis, feijão preto, batata-doce, milho e maçã são opções que não podem faltar no prato de quem deseja uma vida balanceada, destaca. Outros grandes aliados da dieta são os alimentos com potencial termogênico, ou seja, que aceleram a queima de gordura. “Aposte em canela, gengibre, chá verde, kiwi, brócolis, água de coco, mostarda, aspargo, couve, cebola, alho, pimenta, entre outros. Tais itens atuam diretamente no sistema nervoso central, estimulando o estado de alerta e a concentração.”

Outra dica valiosa, publicada na revista Vem Viver da Central Nacional Unimed de dezembro é beber bastante água para manter o corpo hidratado. Especialistas recomendam, no mínimo, oito copos por dia, mas essa quantidade varia de acordo com a pessoa. O ideal, no entanto, é que a bebida esteja gelada, já que o corpo gasta energia para elevar a temperatura do líquido. Para se ter uma ideia, esse simples hábito garante um gasto diário de 200 calorias.

Os emagrecedores naturais fizeram uma grande diferença na vida de Emilia Santos, assistente de negócios da Central Nacional Unimed. Ela era obesa e recorreu a uma cirurgia bariátrica para perder peso, mas se viu diante de um desafio depois do procedimento: criar novos hábitos alimentares.

FONTE: Revista Vem Viver, da Central Nacional Unimed

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s