7 tipos de manchas na pele e como tratá-las

 

 

É muito comum nos depararmos com algumas manchas escuras na pele, principalmente causadas pela exposição excessiva à luz solar ao longo do tempo. Essas manchas aparecem porque os raios solares estimulam a produção de melanina.

Além disso, alterações hormonais, uso de medicamentos e outros fatores influenciam os melanócitos que dão origem às manchas na pele. Mas você sabe quais são os principais tipos de mancha e como tirá-las?

 

Como remover manchas na pele

 

1 – Manchas na pele causadas pela acne

 

As espinhas são muito comuns especialmente em adolescentes, e é muito comum aparecer manchas na pele, especialmente depois de tratamento da acne grave.

Um jeito de uniformizar a pele é passar óleo de rosa mosquetá, de 2 a 3 vezes ao dia sobre a cicatriz, se protegendo muito bem do sol.

Também é importante manter a oleosidade da pele controlada. Se você não tem mais acne nem cravos são indicados tratamentos para clarear a pele através de creme com ácido, peeling e outros, além de microagulhamento e tratamentos estéticos.

Procure um médico dermatologista antes de utilizar qualquer produto na sua pele, não arrisque manchar ainda mais!

 

2 – Manchas de diabetes

 

 

Essas manchas surgem em pessoas com resistência a insulina ou diabetes. Geralmente ao redor do pescoço, pregas cutâneas, axilas e por baixo das mamas. Não é muito comum, mas elas também podem aparecer em pessoas com câncer.

Para tirar essas manchas é preciso consultar um dermatologista, que irá prescrever cremes clareadores e identificar a causa. No caso de manchas provocadas pelo excesso de peso é preciso que a pessoa emagreça, para facilitar o processo.

 

3 – Micose ou pano branco

 

 

Também conhecido como micose de praia, o pano branco surge devido uma infecção causada por fungo. Fazendo com que apareçam várias manchas pequenas e esbranquiçadas na pele. Com o passar do tempo, a micose se espalha pela pele.

Nesse caso, o ideal é aplicar um creme antifúngico, 2 vezes por dia, durante 3 semanas. Quando a área afetada é muito grande, pode haver necessidade de tomar um antifúngico, sempre sob indicação médica.

 

4 – Manchas de sol

 

 

É muito comum ver pessoas de pele clara ou morena com manchas de sol. Especialmente por falta do uso de protetor solar. As partes mais afetadas são as mãos, braços, rosto e pescoço.

Elas começam a aparecer, mais ou menos, por volta dos 40 anos de idade, mas também podem aparecer em pessoas mais novas. Esse tipo de mancha pode ser retirada com esfoliação, de 2 em 2 semanas.

Se o número de manchas for grande é recomendado ir ao dermatologista. É importante fazer exames regulares, porque elas podem apresentar riscos de câncer de pele. Existem tratamentos como o uso de clareadores e estéticos, como laser, luz pulsada e peeling.

5 – Melasma

 

 

São manchas escuras que aparecem no rosto, próximo às maçãs do rosto e testa. Elas são muito comuns durante a gravidez e menopausa, porque estão diretamente ligadas às alterações hormonais.

Para amenizá-las você pode usar protetor solar com fator de proteção máximo diariamente e evitar tomar sol por longos períodos, além de evitar fontes de calor, como carros quentes estacionados e usar o forno.

Outro jeito é passar cremes ou pomadas para clarear a pele. A hidroquinona também ajuda, mas não deve ser usada por mais de 4 semanas. Produtos como Vitanol A, cremes com ácido e Adapaleno também podem ser usados.

Lembrando que é sempre importante consultar um dermatologista.

 

6 – Manchas vermelhas

 

Podem ser causadas pelas mais diversas alergias. Para tratar esse tipo de mancha é preciso usar creme à base de corticóides, 2 vezes por dia, até que os sintomas diminuam. Para identificar a causa da alergia é preciso consultar um especialista, para evitar contato com a causa.

 

7 – Manchas provocadas por queimadura

 

 

Caso você suje sua pele com o suco do limão e fique exposto ao sol logo em seguida, sem lavar bem a pele antes, é bem provável que apareçam fitofotodermatites.

Essas manchas podem ser retiradas com creme hidroquinona, de 3 a 4 vezes por dia. Além de evitar passar perfumes, cosméticos e outros produtos na região. Para que o tratamento seja mais eficaz, é importante passar protetor solar.

Dependendo do grau do machucado é de extrema importância consultar um médico, pois a queimadura pode ser grave.

Fonte: Tua Saúde

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: