Ritidoplastia (Lifting Facial): O Que É, Como É Realizada E Quais Os Benefícios

ritidoplastia

 

Segundo o último censo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), as cirurgias de ritidoplastia (ou lifting facial) chegaram a 48.590 em 2016. O procedimento consiste em atenuar sinais visíveis de envelhecimento no rosto e no pescoço.

Para tirar algumas das principais dúvidas sobre a ritidoplastia, o cirurgião plástico Dr. Luís Felipe Maatz, Especialista em Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, e Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP); cita pontos importantes sobre o procedimento:

 

 

– Quais são os benefícios da ritidoplastia?

 

O objetivo é suavizar os sinais do envelhecimento facial, retirando a pele flácida e reposicionando os tecidos mais profundos. Isso possibilita a diminuição de vincos, sulcos e rugas, remodelando áreas específicas do rosto e associando técnicas de preenchimento, dando volume a áreas que sofreram atrofia com o passar dos anos.

 

 

– Como a cirurgia é realizada?

 

A cirurgia é feita por meio do reposicionamento de estruturas profundas da face (como gordura e a camada de tecido superficial à musculatura da expressão facial, chamada de SMAS – sistema músculo-aponeurótico superficial), seguida da retirada do excesso de pele. É uma cirurgia delicada e requer um cirurgião plástico habituado às técnicas de ritidoplastia.

 

 

– A anestesia é local ou geral?

 

Geralmente, é utilizada a anestesia geral. Sendo assim, deve ser feita em hospital, onde há uma infraestrutura adequada para atender a algum eventual problema durante ou após a cirurgia.

 

 

– Que perfil de paciente busca a ritidoplastia?

 

Normalmente, as pessoas que buscam a ritidoplastia já realizaram procedimentos menos invasivos e não ficaram satisfeitos com os resultados. Daí a procura pelo rejuvenescimento da face por meio de cirurgia plástica. Geralmente, é realizada em pacientes na faixa dos 40 a 45 anos, momento em que a flacidez do rosto costuma ficar mais evidente. Antes dessa idade, os procedimentos menos invasivos (como a aplicação de toxina botulínica, preenchedores cutâneos e bioestimuladores) costumam ser suficientes para atender às expectativas dos pacientes.

 

 

– Quais os pré-requisitos para se submeter ao procedimento?

 

O paciente precisa estar em boas condições de saúde e com exames complementares sem alterações para realizar esta ou qualquer outra cirurgia plástica.

 

 

– Quais as contraindicações?

 

Pacientes com doenças que não estejam controladas ou algumas condições específicas (como doenças de pele) podem ter a cirurgia contraindicada.

 

 

– Qual a principal recomendação médica para quem fará a plástica?

 

Seguir todas as orientações do cirurgião plástico antes e após a cirurgia. Caso o paciente seja tabagista, é preciso parar de fumar pelo menos um mês antes do procedimento. Após a plástica, é essencial tomar todas as medicações prescritas e evitar esforço físico nos primeiros dias.

 

 

– Como é a recuperação?

 

A recuperação costuma ser quase indolor. O maior incômodo se deve ao inchaço nos primeiros dias, minimizado pelo uso de compressas frias no local.

 

– Quando os resultados começam a aparecer?

 

Após um período de inchaço inicial, que dura entre uma a três semanas, é possível notar com maior precisão os benefícios da plástica.

 

 

– Quais as dicas para manter os resultados da cirurgia?

 

O paciente deve sempre evitar os danos à pele causados pela exposição excessiva ao sol, pelo tabagismo ou pela poluição. Deve também manter uma alimentação saudável e a pele bem hidratada, além de evitar grandes variações de peso, que alteram a elasticidade da pele e aumentam sua flacidez.

– Quais foram as principais inovações da ritidoplastia nos últimos anos?

Antigamente, as técnicas de ritidoplastia preconizavam apenas a retirada do excesso de pele da face. Atualmente, o cirurgião plástico atua tracionando e reposicionando estruturas mais profundas, obtendo resultados mais duradouros e naturais

 

FONTE: www.segs.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s