Empresária fica com seios mutilados após complicações de cirurgia feita na Venezuela

Por Sílvia Vieira, G1 Santarém — PA

Uma jovem empresária de Altamira, sudoeste do Pará, que chegou a Santarém, oeste paraense, há poucos meses para investir em agências de turismo e uma pousada em Alter do Chão, corre o risco de perder parte dos seios em razão de complicações no processo pós-operatório de cirurgia plástica para colocação de próteses de silicone, na Venezuela.

Segundo relatos de Léo Araújo, amigo da empresária que está internada em um hospital particular de Santarém, onde já passou por dois procedimentos cirúrgicos, inclusive um na tarde desta quinta-feira (1), para retirada das próteses de silicone, ela conheceu algumas pessoas no município, entre elas, Cintia Walfredo, que supostamente, negocia pacotes para procedimentos cirúrgicos estéticos na Venezuela. O preço atrativo e o corpo de Cintia, que passou por plástica, funcionam como chamarizes para quem está insatisfeito com a aparência.

“Ela não tinha o corpo imperfeito. Ela é uma mulher bonita, mas queria peitão, essas coisas. Nós até conversamos com ela e sugerimos que fizesse com profissionais de Santarém. Mas ela disse: ‘Não Léo, eu tô com um dinheiro guardado e lá é mais barato. Eu quero fazer’. Ela viajou, a cirurgia aconteceu no dia 19 de outubro. Acontece que poucas horas depois da cirurgia ela foi encaminhada para um quarto de hotel. Não teve assistência médica no pós-operatória”, contou o Léo.

Empresária precisou operar as mamas mais duas vezes após complicações em cirurgia plástica na Venezuela — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Empresária precisou operar as mamas mais duas vezes após complicações em cirurgia plástica na Venezuela — Foto: Reprodução/Redes Sociais

 

Na Venezuela, a empresária ficou por sete dias em um quarto de hotel acompanhada pelo marido e tomando medicações que ela comprou ainda no Brasil, por indicação da mulher que negocia os pacotes de cirurgia plástica.

A empresária contou ao amigo que foi enganada. A cirurgia foi realizada em uma maternidade com estrutura precária, sem UTI. Quando foi levada para o centro cirúrgico, havia uma paciente sendo operada. Ela começou a passar mal por causa disso, depois passou por abdominoplastia, preenchimento de bumbum e prótese mamária. Ele teria pedido próteses de 280ml, e no entanto, foram colocados 380ml em cada seio.

“Tem um áudio gravado pela mulher indicando a farmácia que vende sem a nota. São remédios que precisam de prescrição, porque são medicamentos fortes. Então envolve isso também. Também tem outra questão, a especialidade da médica Cecília Abreu, que fez a cirurgia, não condiz com cirurgia plástica. Além disso, todo o procedimento é feito em uma maternidade”, relatou Léo.

Segundo Léo, os responsáveis pela cirurgia da empresária dizem que as complicações do pós-operatório ocorreram em função de ela ser portadora do vírus da Hepatite B. Mas os médicos que a avaliaram em Santarém, inclusive infectologistas, disseram que não relação entre uma coisa e outra.

Ele disse ainda que, na Venezuela os médicos cobram de R$ 2.500 a R$ 3.000 para o tipo de cirurgia feito pela empresária, e as mulheres estão pagando para a negociadora dos pacotes em Santarém cerca de R$ 10 mil a R$ 13 mil. “A Cintia está ganhando muito dinheiro induzindo as mulheres”, disse Léo.

A família da empresária já recebeu vários relatos de mulheres de Santarém que fizeram cirurgia na Venezuela e que precisaram passar por hospital no retorno ao município para fazer algum procedimento corretivo.

Maternidade na Venezuela onde a empresária de Altamira, oeste do Pará, foi submetida a cirurgias plásticas — Foto: Reprodução/Redes SociaisMaternidade na Venezuela onde a empresária de Altamira, oeste do Pará, foi submetida a cirurgias plásticas — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Maternidade na Venezuela onde a empresária de Altamira, oeste do Pará, foi submetida a cirurgias plásticas — Foto: Reprodução/Redes Sociais

 

 

 

FONTE: g1.globo.com/pa/santarem-regiao

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s